Pastor sul-africano “liberta” seus membros com álcool

Nas redes sociais podemos encontrar um vídeo onde um homem vestido de clérigo, com sua longa túnica, seu boné vermelho, vestido de papa, unge um homem com álcool em uma taverna enquanto todos bebem álcool.

O homem passou o cálice e disse:

Como papa na casa do senhor, eu o declaro um novo membro na casa do senhor, que é a taverna. Uma santa igreja de Deus.

Enquanto faziam este ritual, todos ao redor cantavam, dançavam e bebiam suas garrafas de cerveja dizendo: Aleluia!!

Esta é uma seita sul-africana que aprova o consumo de álcool após os membros serem ungidos por seu líder, ao contrário de muitas outras seitas que negam totalmente o consumo de bebidas alcoólicas.

Essa igreja é chamada de Gabola, que significa “bebida” na língua tswana. O fundador desta igreja é um homem chamado Tsietsi Makiti, que se autoproclamou papa.

Tsietsi ensina que é preciso ser responsável no consumo de álcool, que só pode ser vendido e abençoado por quem tem mais de 20 anos.

Esta nova igreja não pertence a denominação nenhuma, portanto não é afiliada à associação de igrejas sul-africana.

O líder desta igreja afirma ter criado tal congregação devido ao ponto de vista dos crentes que consideram pecadores aqueles que se sentam para beber em tavernas.

Aqui está um vídeo onde você poderá ver a cerimônia com as cervejas que estes fizeram:

Você também pode estar interessado em:

1 comment on “Pastor sul-africano “liberta” seus membros com álcool

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *