Esta não é uma questão de clichê, já que essa obra de Deus de fazer grandes coisas com pequenas coisas também começa conosco, de como Deus demonstrou sua grandeza nos transformando e nos tornando novas criaturas. Glória damos a Deus porque Ele não é um Deus que despreza o pequeno, mas do pequeno Ele faz coisas grandes e poderosas.

As “pequenas coisas nem sempre são insignificantes. Tudo depende das mãos que as seguram”. (Taylor)

Esta frase é uma verdade à qual devemos prestar muita atenção e entenderemos seu significado magnífico através da seguinte história bíblica:

João, capítulo seis, conta a história de que Jesus foi seguido por uma grande multidão, que o seguiu desde cedo, ouvindo suas palavras e vendo seus grandes milagres. Essa multidão já estava exausta e obviamente estavam com fome. Eles estavam em uma parte deserta, o que significa que não havia lugar para comprar ou pescar.

Nesta história, também é importante ver como Jesus se importa com seu povo. Jesus perguntou a Filipe: Onde compraremos pão para comer isso? Havia cerca de cinco mil pessoas sem contar mulheres e crianças. A Bíblia nos diz que Jesus queria provar Filipe, já que ele já conhecia o grande milagre que faria naquele lugar.

Era simplesmente impossível para Filipe poder apoiar uma multidão tão grande no deserto, e isso, sabendo que Jesus era poderoso para fazer milagres. O mesmo acontece conosco, sabemos que Jesus é poderoso, mas no meio de uma situação adversa, esquecemos que Ele é realmente poderoso.

Vejamos o que acontece a continuação:

8 Outro discípulo, André, irmão de Simão Pedro, tomou a palavra:

9 “Aqui está um rapaz com cinco pães de cevada e dois peixinhos,
mas o que é isto para tanta gente?”

João 6:8-9

A sinceridade, não sabemos se isso foi uma piada de André, já que estamos falando de mais de cinco mil pessoas, mas para a surpresa de todos e de vocês que estão lendo agora, pois Jesus representou o que Ele faria, o grande milagre da multiplicação. Observe que havia apenas cinco pães de cevada (a cevada era a pior das piores) e apenas dois “peixinhos”, ou seja, aquela criança tinha cevada e dois peixes extremamente pequenos para mais de cinco mil pessoas. O que você faria com isso? Em nossas mãos, certamente não representa nada, mas nas mãos de Jesus, representa muito:

Então Jesus tomou os pães, deu graças e os repartiu entre os que estavam assentados,
tanto quanto queriam; e fez o mesmo com os peixes.

João 6:11

Grande milagre isso! Meus irmãos, Jesus é realmente poderoso, não duvide disso, há coisas que para nós não têm valor e não podemos fazer nada com elas, mas nas mãos de Deus tudo muda. Ele é realmente poderoso.

Veja nosso ultimo video

Oración para cuando estás afligido

This article has 1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *