De onde vem sua motivação na sua vida cristã?

motivacionHá uma quantidade muito grande de pessoas que estão muito motivadas a servir na igreja, mas a pergunta que muitas vezes temos que fazer é ¿de onde vem essa motivação? ¿o que me motiva a servir no ministério? Ontem eu tomei esto em consideração e de uma forma indirecta me fiz a mesma pergunta.

Muitos irmãos estão motivados só pelo ministério, eles querem ser famosos, desejam ter ministérios grandes, querem ser conhecidos por todo o mundo, porém, a nossa motivação não tem que vir de o que eu possa fazer por Cristo, não tem que vir pelos logros pessoais que eu possa alcançar, a nossa motivação tem que vir da obra consumada de Cristo na cruz. Acho que nisto entra a doutrina da “depravação total”. Não somos nada, as nossas obras são tan pequenas, os nossos métodos são tan pequenos, que se a mano de Deus não estivera connosco nem si quer poderíamos dar um passo adiante.

Ontem eu li um sermão de Charles Spurgeon que me fiz ficar muito sensibilizado. Spurgeon dizia que se as nossas pregações não tem ao Cristo, não importa quão eloqüente sejamos, pois se Cristo não esta na minha pregação, não vai chegar a ninguém. Sei os nossos ministérios são só um espectáculo cheio de shows e o Cristo não esta como cabeça, em vão são as minhas atividades de grandes quantidades de massa. Irmãos, o que temos que entender é que a nossa motivação na vida cristã não debe ser o ministério, a nossa motivação debe ser o Cristo e então vamos servir bem no ministério.

Acho que o maior problema de muitos ministérios vem completamente disto, que muitos ministros tem como motivação o ministério antes que a Cristo, qualquer outra coisa antes que Cristo.

Romanos 3:

23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;   

24 sendo justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus,   

25 ao qual Deus propôs como propiciação, pela fé, no seu sangue, para demonstração da sua justiça por ter ele na sua paciência, deixado de lado os delitos outrora cometidos;   

26 para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e também justificador daquele que tem fé em Jesus.   

Acho que nestes versos esta resumida a nossa motivação, ¡sim! a motivação que temos que ter e é;

Eu sou um vil pecador, merecedor do inferno e da ira de Deus e com tudo isso sendo eu vil, Ele decidiu me amar, com um amor que ultrapassa todo o amor. Ele não olhou para a minha injustiça, não olhou para os meus pecados, mas enviou o seu Filho como mediador de uma nova aliança e neste alegro-me e estou feliz, que Deus teve misericórdia de um criminoso como eu e que, por sua pura graça eu estou hoje aqui. Cristo é a minha motivação, nele eu estou completo. Eu não quero ser famoso, eu só quero uma coisa e é servir em algo para o meu Mestre, embora isto não é nada comparado com seu grande e sublime obra na cruz.

Você também pode estar interessado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *