A Bíblia precisa ser atualizada para que os gays parem de ser condenados ao inferno, diz pastor

Você pode imaginar que a Bíblia é atualizada e distorcida cada vez que se entende que há algo ali que não nos convém? Claro, esta é uma pergunta absurda, mas, para alguns, esses temas de “atualização” da Bíblia, contradizendo assim sua infalibilidade, estão se tornando normais.

O pastor batista Ed René Kivitz, enfatizou durante um de seus sermões que a Bíblia precisa ser atualizada para que os gays parem de ser condenados ao inferno. Este senhor também se autodenomina teólogo.

René também falou em uma série chamada “Cartas para um novo mundo” e fez muitas críticas a alguns textos bíblicos, expressando que a palavra de Deus não basta.

Destacou:

Vou repetir: olhar a Bíblia como um Livro insuficiente, um Livro que precisa ser relido, ressignificado, para que os princípios de vida que este Livro encerra, e que essa revelação encerra, que estes princípios de vida, eles saltem destas páginas promovendo libertação e justiça.

Em suma, René é um ativista ferrenho em prol dos homossexuais, já que esse é o seu tema principal, ou seja, ele entende que a Bíblia é um livro que discrimina os homossexuais.

Se queremos ser cartas para o novo mundo, se a Igreja quer ser cartas para o novo mundo, nós vamos precisar atualizar a Escritura e vamos ter de fazer essa atualização e ter essa coragem de enfrentar os pecados de gênero.

É lamentável ouvir ou ler esse tipo de coisa, ver quantos se afastam da verdade absoluta que é a Bíblia, acabando enredados nas vaidades deste mundo. Deus tenha misericórdia daqueles que acreditam que a Bíblia não é suficiente.

Você também pode estar interessado em: