Os maridos devem amar suas esposas como seus próprios corpos

É evidente que o amor de Deus abrange tudo o que está dentro e fora, por isso esse amor pode se refletir de forma sobrenatural, forte, compassivo, respeitável e compreensivo. Este é o amor de Deus pelas pessoas.

Ele criou o homem e a mulher para criar famílias e ter amor um pelo outro, o homem tratando a mulher como um vaso frágil, e a mulher tratando o marido a cabeça do lar, respeitando-o em tudo, amando-o e honrando-o.

É por isso que também antes de amarmos uma pessoa, devemos primeiro amar a si mesmo e depois amar ao próximo. Aquele amor que se deve sentir primeiro, já está sob a orden do Senhor, caminhando em Seus caminhos em obediência a Ele.

Bem sabemos que todo homem que se submete a Deus pode levar coisas boas, tem bom comportamento, e por isso sua esposa sempre será abençoada e respeitada pelo marido. Ele a amará até que a morte os separe.

Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo.

Efésios 5:28

O amor de um homem por sua esposa não deve ser qualquer amor, deve ser um amor profundo e forte, por isso que no versículo anterior se diz que “os maridos devem amar suas esposas como a seu próprio corpo”.

Por que diz “como a seu próprio corpo”? Pois bem, ninguém em sã consciência quer fazer mal ao corpo, pelo contrário, um quer o melhor para si e se cuida, da mesma forma, os maridos devem amar suas esposas e cuidar delas como se fossem eles mesmos.

Homens, amem suas mulheres, respeitem-nas, amem-nas, porque esta foi a companheira que Deus lhes deu.

Mulheres não sejam caluniadoras
Ame sua mulher como a si mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *