O Evangelho de hoje e de ontem

Nosso título está incorreto sem dúvida, já que não existe evangelho passado e um evangelho para hoje, existe apenas um evangelho, apenas uma mensagem. Agora, se compararmos a mensagem que foi pregada no Evangelho desde a era do Novo Testamento com a que é pregada em muitas de nossas igrejas hoje, encontraremos uma diferença notável.

O que é o evangelho? É uma mensagem, a boa notícia de que, quando o homem perdeu tudo, Cristo veio, tornou-se homem, morreu na cruz e ressuscitou no terceiro dia para nos libertar da ira de Deus e devolver a amizade que perdimos com o Pai no Eden.

O evangelho também inclui uma mensagem que nem todo mundo vai gostar, porque o próprio Jesus ensinou:

Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me;

Mateus 16:24

As pessoas podem achar esse versículo muito difícil, porque estão falando sobre recusar seus desejos, tomar uma cruz e seguir Jesus, essa é a ordem. Não podemos acreditar que temos a mensagem do evangelho se não falarmos sobre a cruz em todos os sentidos de sua importância.

Ninguem quer ouvir Iiso de se negar a si mesmo e carregar sua cruz. Eles preferem outras palavras mais flexíveis. O que eles gostam de ouvir são coisas assim:

28 Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.

29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma.

30 Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.

Mateus 11:28-30

Ambos os textos são palavras de nosso Senhor Jesus, e da mesma maneira ambos merecem toda a nossa atenção e importância. Não podemos andar pegando os textos que gostamos e tirando aqueles que são difíceis de ouvir ou ler. O evangelho é uma mensagem, não uma fração de uma mensagem. Devemos acreditar em toda a mensagem, não em uma parte!

O mesmo evangelho que foi pregado no começo deve continuar a ser apresentado de maneira profunda e sem remover ou acrescentar. O Evangelho é perfeito como é, não precisa de mais ingredientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *