O Dinheiro não é a raiz de todo os males

Ouvimos muitas pessoas dizer: “O dinheiro é a raiz de todos os males”, e eles até citam a Bíblia para dizer isso, mas sabemos que não é assim, pois praticamente tudo nesta vida se move com dinheiro, incluindo o computador com o qual este artigo foi escrito e a Internet usada para publicá-la custam dinheiro, apenas para dar alguns exemplos. Essa frase, como outras, vem da leitura superficial de um versículo e do seu mal-entendido, e da criação de uma doutrina errônea de algo que a Bíblia realmente não diz. É por isso que é importante prestar mais atenção ao ler. Lembre-se de que Jesus disse que devemos “examinar” a Bíblia, e não apenas lê-la.

O versículo do qual essa frase errada foi tirada é o seguinte:

Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

1 Timóteo 6:10

Ele não diz “o dinheiro é a raiz de todo mal”, mas diz “Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males”. Preste atenção na parte que diz “amor ao dinheiro”. Não é apenas dinheiro, mas o amor ao mesmo.

É importante ler os versículos anteriores para entender o que Paulo está falando:

Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.

1 Timóteo 6:9

Esse pedaço de contexto dos versículos 3 ao 10 está nos falando sobre aqueles homens que não se conformam ao Evangelho de Cristo, mas que desapareceram pregando algo mais e que inclui o amor ao dinheiro, e Paulo diz isso por esse amor ao dinheiro. Muitos caíram em laço e tentação, em muitas cobiças tolas e prejudiciais.

Então, vamos manter isso em mente: o ruim não é o dinheiro, mas o amor ao dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *