Dou graças e louvo a Deus pelo que Ele me deu, quer seja pouco ou muito

Ó Deus de meus pais, eu te louvo e celebro porque me deste sabedoria e força; e, agora, me fizeste saber o que te pedimos, porque nos fizeste saber este assunto do rei

Devemos agradecer a Deus o tempo todo porque Ele está sempre presente para agir no momento que menos esperamos, trazendo sabedoria e bênçãos em grande abundância, que permanecem para sempre.

Não deixemos de glorificar o nosso Deus porque a Sua graça e misericórdia nos fazem ver diante dos outros que podemos e que o Seu poder é grande.

Daniel foi escolhido para um grande propósito, para ser usado por Deus em algo grande e poderoso:reconhecer o poder de Deus diante de todos no reino de Nabucodonosor.

Ó Deus de meus pais, eu te louvo e celebro porque me deste sabedoria e força; e, agora, me fizeste saber o que te pedimos, porque nos fizeste saber este assunto do rei.

Daniel 2:23

No versículo acima, Daniel dá graças e louvor a Deus porque recebeu de Deus a interpretação de um sonho que nenhum mago, astrólogo, encantador ou caldeu poderia explicar. Esta foi uma grande alegria para Daniel porque através desta interpretação do sonho do rei Nabucodonosor, o poder do único Deus verdadeiro seria reconhecido diante das principais personalidades do forte reino de Nabucodonosor.

Foi realmente dado muito a Daniel e por isso ele deu graças e glorificou a Deus. Devemos também dar graças e louvar a Deus mesmo que tenhamos pouco, mesmo que algo nos seja tirado, devemos sempre dar graças porque a Palavra de Deus nos ensina a dar graças por tudo.

Então, quer nos seja dado pouco ou muito, o nosso Deus possa ser glorificado. Tudo o que Deus nos traz é bom, para Ele seja toda a glória e louvor para sempre.

...
Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo
Apressa-te a mim, ó Deus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.