5 erros que o cristão não deve cometer ao momento de orar

Quando vamos orar devemos sempre fazê-lo da melhor maneira, não exigindo, mas pedindo que a vontade dele seja feita, além de agradecer a Deus por tudo.

Muitas vezes acontece que muitas pessoas cometem esse tipo de erro e tentam fazer a oração apenas em benefício próprio, independentemente das consequências.

É por isso que nós lhe trazemos 7 erros que um cristão não deve cometer ao momento de orar a Deus, nosso Pai Celestial.

1. Não conhecer a Deus

Acreditar em Deus não é suficiente, porque todo aquele que afirma conhecer a Deus deve ter um relacionamento com Ele, não é apenas dizer que eu o conheço, mas ser capaz de ter esse momento a sós com Deus. A epístola de Tiago faz uma menção sobre a oração.

Você crê que existe um só Deus? Muito bem! Até mesmo os demônios crêem — e tremem!

Tiago 2:19

Nós só temos um Deus verdadeiro no qual devemos confiar e crer de todo o coração, mas lembre-se que não é só acreditar, mas ser capaz de ter um encontro com Deus para que possamos ser diferentes, e é assim que nossas orações podem ser ouvidas por nosso Deus e é por isso que Suas Palavras devem ser estudadas para que possamos aprender e conhecer o Senhor em todos os sentidos da palavra.

2. Não pedir que a vontade de Deus seja feita

Devemos ser muito claros quando pedimos algo que devemos fazer da seguinte forma: “Pai, que a Tua vontade seja feita e não minha, porque Tua é a glória e Tua é o poder e Tua vontade é divina e é quando Tu decides que você vai ajudar. ” Muitos não fazem isso, mas perguntam e querem receber ao mesmo tempo. Quando você perguntar, espere no Senhor, não desmaie porque Ele não chegará tarde

No livro de Isaías nos encontramos com esta citação tão importante:

8 “Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos”, declara o Senhor.

9 “Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os seus pensamentos.

Isaías 55:8-9

Nunca devemos nos comparar ao Senhor, porque, como ele nos diz em sua palavra, nossos pensamentos não são como os dEle. Isto é porque Deus é Deus no céu e na terra, seus caminhos vão além de nossos caminhos, somente Deus pode fazer todas as coisas possíveis. Então, não vamos cometer esse tipo de erro com o nosso Criador questionando sua vontade no momento de orar.

3. Não agradecer

É muito comum ver as pessoas todos os dias perguntando ao Senhor, depois de terem suas bênçãos, elas dizem com a boca “eu tenho uma coisa dessas”, mas com isso elas se exaltam, e na sua ignorância muitas não perceberam que antes eles não tinham nada, e que pela misericórdia de Deus eles já têm alguma coisa. Mas algo que lhes escapa é que Deus dá e Deus pode tirar. Não seja arrogante quando você recebe algo de Deus, porque Deus ao arrogante olha de longe e o humilde e que engrandece a Deus, Ele olha de perto.

11 A caminho de Jerusalém, Jesus passou pela divisa entre Samaria e Galiléia.

12 Ao entrar num povoado, dez leprosos dirigiram-se a ele. Ficaram a certa distância

13 e gritaram em alta voz: “Jesus, Mestre, tem piedade de nós!”

14 Ao vê-los, ele disse: “Vão mostrar-se aos sacerdotes”. Enquanto eles iam, foram purificados.

15 Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz.

16 Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu. Este era samaritano.

17 Jesus perguntou: “Não foram purificados todos os dez? Onde estão os outros nove?

18 Não se achou nenhum que voltasse e desse louvor a Deus, a não ser este estrangeiro?”

19 Então ele lhe disse: “Levante-se e vá; a sua fé o salvou”.

Lucas 17:11-19

A história dos dez leprosos é muito interessante. Eles apareceram a Jesus no momento em que ele estava de caminho a Jerusalém, e eles gritaram para ele para para ser curado , mas quando Jesus os viu, os enviou para um lugar onde eles seriam curados, mas depois de ser curado, apenas um voltou para dar Graças a Jesus.

O que aconteceu com os outros nove? Jesus perguntou. Hoje vemos as mesmas, muitas pessoas cometem o erro de que depois de receber a bênção ou cura, elas não retornam à igreja ou visitam. Tenhamos em conta que não importa nas circunstâncias em que nos encontramos, agradeçamos a Deus por tudo, se estivéssemos saudáveis, se não recebêssemos cura, se nosso pedido fosse respondido, se não fosse respondido, Deus é Deus.

4. Não ser obedinete ao Senhor

Uma oração sem obediência não será recebida pelo Pai, porque como você pode orar quando está em desobediência com seus pais? Pois esta oração não será recebida por Deus, visto que não é agradável diante de Deus. Se você é obediente, você tem amor, paz e está mantendo os estatutos de Deus, e é por isso que no Evangelho de João encontramos este citação falando sobre obediência.

Porque nisto consiste o amor a Deus: em obedecer aos seus mandamentos.
E os seus mandamentos não são pesados.

1 João 5:3

Pode uma pessoa que afirma ser obediente ter o amor de Deus? Sim, porque ele é prudente em tudo, ele ouve o que seus pais lhe dizem, ele é obediente a seus pais, mas uma pessoa que não ouve, nem é obediente tropeça nos mesmos pés. É por isso que devemos ter cuidado ao orar ao Pai, porque muitos são desobedientes e, por isso, oram ao Senhor, esperando receber dEle e não recebem, porque estão sendo desobedientes ao Deus Todo-Poderoso. Lembre-se de que, se você estiver em desobediência, Deus não ouvirá sua oração.

5. Orar a Deus para favorecer alguns e desvalorizar os outros

Encontramos incontáveis pessoas que, dia a dia, pedem a Deus que tenha misericórdia delas e não de outras, e até pedem a Deus que tire algumas pessoas da face da terra. Isso é amor de Deus? Não, Deus não responde a estas orações porque Ele não é um Deus que só faz misericórdia com alguns e não com outros. Deus nos ama a todos e João nos fala sobre essa grande verdade:

34 “Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros.

35 Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”.

João 13:34-35

Deus trata bem seus filhos, porque em sua Palavra ele diz que não faz acepção pelas pessoas. Deus é um Deus justo e é por isso que não devemos orar desta forma pedindo mal para os outros. Como lemos anteriormente, devemos amar nossos próximos como a nós mesmos. Esta é o mandamento que o nosso Deus nos deixou.

...
Deus destruirá aqueles que proferem a mentira
Advertência contra a glutonaria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.